quarta-feira, 31 de julho de 2013

HERBERTO HELDER




«Tive infância, só isso. Ou seja: falta de jeito, indecisão,
uma grande ignorância. Olhava para as coisas: 
eram fundas, enigmáticas, desorientadoras. 
Tudo estava cheio, porque o meu coração ávido tudo recebia:
era um espaço palpitantemente vazio.» 

Herberto Helder,
in Os Passos em volta