quarta-feira, 1 de abril de 2015

ESTAÇÕES




Aprendi os cheiros
Do alecrim e da hera
E ao azul do céu
Chamei Primavera.


Encontrei um fruto
Na concha da mão
E à sede da água
Dei um nome: Verão.


Descobri o sol com olhos de sono,
À tristeza das folhas dei o nome de Outono
Aprendi os modos do bico mais terno:
Um cão de peluche
Com o frio do Inverno.


Juntei as estações
Com pés de magia
E à soma das quatro
Chamei poesia.


José Jorge Letria