domingo, 16 de dezembro de 2012

ESTIVAL



Entre uma data e outra
a leitura dos gregos. Eles
sabiam-no. Por isso
me comove a visão
da primeira vinha.
O vinho bebo-o, cor de cravo,
em mesa de granito
por entre a espiral das cepas,
aroma acidulado rescendendo
ao paladar da aurora.
De olhos na terra.
Este é o seu sangue.

Rui Knopfli