sábado, 2 de fevereiro de 2013

O AMOR



O amor é frágil
O amor é humilde
O amor é claro
O amor é simples
O amor se vai
Foge e se perde
Subitamente
De repente
O amor é insólito
E inseguro
Surge e se esvai
É cinza 
É ouro
É ardência, é fogo
E é nada

Augusto Frederico Schmidt
In Um século de poesia