quinta-feira, 6 de março de 2014

RUBEM ALVES


"Penso que borboletas, seres alados,
 diáfanos e coloridos, devem ser emissários dos deuses,
 anjos que anunciam coisas do amor. Imaginei então que
 aquela borboleta era um anjo disfarçado que os deuses
 me enviavam com uma promessa de felicidade."

- Rubem Alves,
em "Na companhia de Rubem Alves:
livro de anotações para mulheres