sábado, 7 de junho de 2014

FOLHAS




Repara: sem vento as folhas
são como o sono apenas.
Corpos ao relento,
que da morte se esquecem.

Albano Martins,
in Escrito a vermelho