segunda-feira, 7 de outubro de 2013

TARDE AZUL



Minúscula, branca,
leve, sem rumor,
bóia no azul uma nuvem:
volve teus olhos e sente 
como em seu alvo frescor te conduz
feliz por entre sonhos azuis. 


Hermann Hesse
In: Andares