sábado, 22 de fevereiro de 2014

BORBOLETA




Lento e suave bordado.
Brisa e bolero,
leve e ousado,
tatuado na alma.
distraída do vento.


Jairo De Britto,
em “Dunas de Marfim”