sábado, 4 de outubro de 2014

OS PÉS



Meus pés no chão
Como custaram a reconhecer o chão!
Por fim os dedos dessedentaram-se no lodo
macio, agarraram-se ao chão...
Ah! que vontade de criar raízes!

Mario Quintana,
in Apontamentos de História Sobrenatural