sábado, 4 de outubro de 2014

UM PASSEIO NA MATA



Ouço, num primitivo espanto,os gritos mais insólitos.
Não sei o nome de nenhum desses pássaros, de nenhuma 
dessas árvores. Olho, agora, esta flor: apenas sei 
que é amarela. Meu pensamento, ou seja lá o que for,
é simplesmente composto de adjetivos, como nos
primeiros dias da Criação.

Mario Quintana,
in Caderno H