sábado, 4 de outubro de 2014

PEDRA ROLADA




Esta pedra que apanhaste acaso à beira do caminho
- tão lisa de tanto rolar -
é macia como um animal que se finge de morto.

Apalpa-a... E sentirás, miraculosamente,
a suave serenidade com que os mortos recordam.

Mortos?! Basta-lhes ter vivido
um pouco
para jamais poderem estar mortos

- e esta pedra pertence ao universo deles,

Deposita-a
no chão, 
cuidadosamente...

Esta pedra está viva!


Mario Quintana, 
in Apontamentos de Historia sobrenatural