sábado, 4 de outubro de 2014

XXX



 Do eterno mistério

“Um outro mundo existe... uma outra vida...”
Mas de que serve ires para lá?
Bem como aqui, tu’alma atônita e perdida
Nada compreendera...

Mario Quintana
In: Espelho Mágico